03 maio 2011

Poema: Desejos


Há um segredo que eu nunca lhe contei,
Há um desejo esperando ser realizado,
Em um biscoito da sorte encontrei escrito,
Você deve acreditar para se tornar verdade,

Há pó de fada em cima de mim,
Há amor toda vez que você fala,
Na terceira vez, talvez eu possa acreditar,
Que você quer dizer tudo o que sussurra para mim,

Você conhece todos os desejos que eu fiz?
Eu os mantenho escondidos em algum lugar seguro,
Uma pequena caixa debaixo da minha cama,
O pó de estrela, que está fora do mapa,
Porque é preciso fé para vê-la,
Faça um desejo, e acredite nele,
Irá se realizar se você apenas acreditar,

Sirva-me um chá e algumas bolachas,
Talvez eu possa lhe dizer como me sinto,
Quando eu desejei você aqui comigo,
Nunca tinha pensado como seria,

Há estrelas caindo do céu,
Há você e eu nos apaixonando esta noite,
Em um biscoito da sorte encontrei escrito,
Você não precisa mais daqueles desejos escondidos,
(...)
Feche os olhos, faça um pedido, e acredite,
Você acredita?
A.D(autor desconhecido)

Um comentário:

  1. Fe,o blog está realmente muito lindo.Vou preparar uma postagem para ele.

    ResponderExcluir